10ª edição do Programa Nossa História relembra o clube mais tradicional da cidade

por adm publicado 11/11/2021 18h05, última modificação 12/11/2021 12h58
Representantes do Clube Floresta e de tradicional família de dentistas da cidade hasteiam as bandeiras
10ª edição do Programa Nossa História relembra o clube mais tradicional da cidade

Foto: Ricardo Migliorini/CMO.

Por Ana Luisa Rodrigues

Histórias da Associação Atlética Floresta foram contadas na manhã desta quinta-feira (11), durante a 10ª Edição do Programa Nossa História. O clube foi fundado em 1916 e faz parte da história de Osasco. Em seu terreno, pisaram homens que construíram a cidade, entre eles Antônio Agu, o fundador. As histórias desta agremiação foram contadas pelo mineiro de nascimento e osasquense de coração, José Rafael da Silva, que hasteou a bandeira de Osasco nesta manhã.

José Rafael da Silva é "florestano" apaixonado e dedica-se a manter a história e o clube vivos. “A primeira reunião da maçonaria na região foi feita no salão de eventos do Floresta e do Rotary Club Osasco, antes de ser fundado, da Juco, da Pestalozzi, etc. Tudo o que aconteceu de importante em nossa cidade aconteceu ali no Floresta”, comentou Silva, ao recordar das histórias que viveu e ouviu.

A bandeira do estado de São Paulo foi conduzida pela dra. Juliana Yanagimori, filha dos drs. Ziró e Eurica Yanaguimori, todos dentistas. Servidora pública efetiva e coordenadora de Saúde Bucal no município de Osasco, Juliana agradeceu à Frente Parlamentar pelo convite para participar do evento e prestou homenagem a todos os profissionais da saúde.

“A todos os amigos que estão vivendo esse momento comigo aqui, que nós possamos encontrar um lugar para ocupar e ao encontrá-lo. Que nós possamos contribuir para o desenvolvimento da cidade”, comentou Juliana ao parabenizar os dentistas que prestam serviços na cidade e ao agradecer seus pais.

Responsável pelo hasteamento da bandeira do Brasil, o vereador Adauto Tô Tô (PDT) falou sobre a importância da retomada dos atos cívicos. Confesso que senti o peso da responsabilidade de carregar essa bandeira nos meus braços. É um ato cívico muito antigo e importante, que precisa ser valorizado. Nossas crianças precisam aprender a cantar o Hino de Osasco e o Hino Nacional”, disse o parlamentar.

Presidente da Frente Parlamentar Nossa História, o vereador Rogério Santos (PL) concordou com Adauto e falou sobre a necessidade de valorizar o resgate do civismo. “Eu sinto esse peso cada vez que pego cada uma das nossas bandeiras. A frente parlamentar que realiza essa décima edição hoje tem esse propósito de resgatar nosso civismo e patriotismo, lembrando sempre que a história se faz com pessoas. Cada evento da história só é importante devido às pessoas, pessoas que assumiram responsabilidades”, declarou.

Josias da Juco (PSD) aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio recebido do presidente da Câmara, Ribamar Silva (PSD). “O Ribamar está preocupado com a relação institucional da Câmara com a prefeitura e com a população. Por isso, tem dado muito apoio às realizações da Frente Parlamentar”, contou o parlamentar, que também agradeceu aos servidores da Saúde pelos serviços prestados durante a pandemia.

“Agradeço a todos os servidores da Saúde que me fazem lembrar o que o ex-vereador Sebastião Bognar me falou uma vez sobre fazer o que está em nosso coração. É importante resgatar a importância do amor e do fazer o melhor para as pessoas”, agradeceu o vereador.

Vale destacar que Sebastião Bognar é atualmente servidor público da Câmara de Osasco e organizador do Programa Nossa História.

Programa Nossa História - 10ª Edição - 11/11/2021

Galeria de Fotos

Vídeo