Câmara de Osasco aprova primeiro projeto de 2024

por Divisão de Comunicação publicado 07/02/2024 14h15, última modificação 08/02/2024 17h24
Proposta altera lei municipal que trata de bem-estar animal

Por Deniele Simões

O Plenário da Câmara Municipal de Osasco aprovou o primeiro projeto do ano legislativo de 2024, durante a 2ª Sessão Ordinária, na tarde desta terça-feira (6).

De autoria do vereador Délbio Teruel (União), o Projeto de Lei 125/2023 altera a Lei 4.969/2019, que trata da proteção, defesa e controle de animais domésticos e silvestres no Município de Osasco, cria o Conselho Municipal do Bem-Estar Animal e o Fundo Municipal do Bem-Estar Animal e dá outras providências.

O texto, aprovado com 18 votos favoráveis, propõe a alteração da atual legislação no trecho que trata da proibição da criação, alojamento e manutenção de animais de grande porte.

“A finalidade desse projeto é modernizar a lei”, explica Délbio, na justificativa do projeto, que prevê a inclusão de bubalinos, felídeos de grande porte, primatas, cervídeos e camelídeos no rol de proibições.

Para o vereador Ralfi Silva (Republicanos), que justificou o voto favorável, a aprovação do projeto representa avanço na proteção animal em Osasco. “É motivo de grande felicidade ver a causa animal dar mais um salto”, diz.

Como foi aprovado em 2º turno, o projeto agora segue para apreciação do prefeito Rogério Lins (Podemos), que poderá sancionar ou vetar a matéria.

MULTIMÍDIA | 2ª Sessão Ordinária ► FOTOS | VÍDEO

registrado em: