Câmara Municipal repudia realização de festas clandestinas na pandemia

por adm publicado 11/05/2021 14h25, última modificação 11/05/2021 19h58
Vereador Délbio Teruel apresentou moção de repúdio a realização de festas clandestinas na pandemia

Por Ana Luísa Rodrigues*

No último fim de semana, a Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal interromperam uma festa clandestina que reuniu 600 pessoas em uma casa noturna no Rochdale.

A festa clandestina descumpria as medidas restritivas de contenção da covid-19 do Plano São Paulo, segundo informações divulgadas pela Vigilância Sanitária. Cerca de 400 pessoas estavam sem máscaras.

Com a repercussão negativa do evento na mídia, a Câmara Municipal repudiou a realização da festa e criticou as pessoas que descumprem as normas sanitárias.

O vereador Délbio Teruel (DEM) manifestou indignação com uma moção de repúdio. “São 600 irresponsáveis que entraram neste lugar, saíram e espalharam covid para toda população. Irresponsabilidade total de quem frequenta e de quem promove essas festas. A gente não pode se omitir e precisamos respaldar a Polícia Civil e a Guarda Civil”, disse Teruel.

“Infelizmente essa situação não acontece apenas em Osasco, mas em todo o país. Essas pessoas são irresponsáveis. Essa casa noturna já estava lacrada, mas o proprietário insistiu em abrir e a prefeitura fez a sua parte. Felizmente há fiscalização por parte da Guarda Civil e da Polícia Civil”, comentou o presidente da Câmara, Ribamar Silva (PSD).

*Com edição de Charles Nisz

registrado em: