Esperança e reconhecimento marcam lembrança de professor que descobriu goleiro Ederson

por COMUNICAÇÃO — publicado 01/12/2022 18h38, última modificação 01/12/2022 18h38
Moção de Reconhecimento, aprovada por unanimidade, homenageou Gilberto Lopes

Por Ana Luisa Rodrigues. Fotos: Ricardo Migliorini.

Não tem quem não fale que os melhores jogadores surgiram no terrão, nos milhares de campos de terra espalhados pelo país. Durante a 46ª Sessão Ordinária da Câmara de Osasco, realizada nesta quinta-feira (01), os parlamentares aprovaram por unanimidade uma Moção de Reconhecimento, proposta pela vereadora Cristiane Celegato (Republicanos), ao professor da escolinha de futebol do Poliesportivo da Vila Ayrosa, Gilberto Lopes, o Giba, falecido em 2019.

“Não importa que é uma homenagem póstuma. Neste momento em que acontece a Copa do Mundo e a gente vê o goleiro Edérson como titular no último jogo da fase de classificação, é inevitável lembrar do nosso querido Gilberto, o Giba”, comentou a propositora da Moção ao contar a história do professor que faleceu em 2019, aos 58 anos.

Foi Giba quem descobriu o talento do jovem Ederson Lúcio Santana de Moraes, um dos melhores goleiros do mundo e que faz sua estreia na Copa do Mundo como titular no jogo do Brasil contra Camarões.

Ao usar a tribuna os parlamentares não falaram apenas do trabalho feito por Giba no Airosa, antes mesmo de Éderson fazer a primeira defesa no terrão do Vila Ayrosa, hoje com gramado sintético, depois que a Câmara Municipal aprovou orçamento para reforma dos campos da cidade. Eles falaram sobre o papel do esporte na formação de cidadãos e de como a continuidade do trabalho feito por Giba é importante para muitos meninos e meninas.

“Quando a gente vê aprovação da LOA, a gente precisa discutir como é importante apoiar o esporte. A gente sabe que o Giba, ficava angustiado por não ter condições de ajudar os meninos que muitas vezes não tinham o que comer”, comentou o ex-secretário de esporte, Carmônio Bastos (Podemos) ao falar da batalha dos pais e de professores para proporcionar sonhos para muitos meninos. “Osasco tem potencial para produzir, Ederson, Rodrigo, Anthonys que começaram aqui e muitos outros atletas em outras modalidades, mas precisamos dar um pouco mais de atenção ao orçamento do esporte e proporcionar oportunidades para muitos”, disse o vereador.

Paulo Júnior (PP) também falou sobre a honra de homenagear Giba. “Ele era um grande professor e um grande professor de goleiros que exige muito conhecimento porque é um treinamento diferenciado”, afirmou.

Emocionada por falar da história de Giba, de sua esposa Roseli e do brilho dos atletas de Osasco nas competições. “Osasco brilha, é a cidade que mais tem jogadores na seleção, é muito emocionante. É incrível ver essas carinhas felizes, saudáveis, e ver o futuro que elas podem ter só por ter acesso a essas oportunidades”, comentou Juliana da Ativoz (PSOL) reforçando a importância de apoiar o esporte. “investir no esporte também é investir em formação humana”.

“Essas escolinhas são muito importantes, porque os alunos saem da escola e vão para lá. Ver profissionais que levam a sério esse trabalho é muito importante, porque tiramos as crianças das ruas”, declarou Lúcia da Saúde (Podemos).

Para Adauto (PDT), é uma alegria falar da homenagem de Giba e a importância das escolinhas na formação de cidadãos. “É difícil manter projetos de pé, Buscamos parcerias para projetos maravilhosos e ficamos felizes em ver tantas pessoas que se esforçam a esse trabalho”, disse.

MULTIMÍDIA »» GALERIA DE FOTOS (breve) | VÍDEO

registrado em: