Nova base do SAMU em Osasco receberá o nome de servidor falecido

por adm publicado 01/07/2021 08h50, última modificação 01/07/2021 08h50
Júlio César de Oliveira era motorista do SAMU e foi vítima da Covid-19.
Nova base do SAMU em Osasco receberá o nome de servidor falecido

Vereador Josias, Érica Nascimento, dr. João Paulo Negrelli e o presidente Ribamar (29jun2021 - Robson Cotait).

Por Ana Luisa Rodrigues

O Projeto de Lei nº 68/2021, da Prefeitura de Osasco, que dispõe sobre a denominação da nova Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, foi aprovado por unanimidade e em votação única, nesta terça-feira (29), durante a 16ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Osasco.

De acordo com o projeto, a nova base do SAMU que será implantada na Avenida Franz Voegeli, nº 930, Vila Yara, será denominada “Base Júlio César de Oliveira”, em homenagem ao servidor que foi vítima da Covid-19 em maio de 2020.

Aprovado em concurso público, Júlio César tomou posse no SAMU em 2016, aos 53 anos de idade, e em pouco tempo, com sua simpatia e alegria, conquistou a todos.

“Tanto eu como o vereador Carmônio Bastos (Podemos), que fomos secretários de Esporte, acompanhamos o trabalho do Júlio que ia nos jogos. Era um alegria ver o trabalho que ele realizava ali com todos. A gente via o carinho e que ele se relacionava com as pessoas”, comentou o vereador Délbio Teruel (DEM).

Para Josias da Juco (PSD), a homenagem prestada pela Secretaria de Saúde e pelo prefeito Rogério Lins é justa. “O Júlio cuidava daquela ambulância como se fosse um veículo pessoal dele. Limpava e zelava. Porque se tem servidor que não cuida e ele cuidava daquele veículo com muito carinho... No dia do enterro dele, as ambulâncias pararam para prestar as últimas homenagens e vários servidores derramaram lágrimas em homenagem àquele servidor”, ressaltou.

Érica Nascimento, coordenadora-geral do SAMU e o coordenador-médico, Dr. João Paulo Negrelli, prestigiaram a Sessão Ordinária e foram homenageados pelos parlamentares, que não pouparam elogios aos serviços prestados pelo grupo.

“Com certeza, vocês aqui só engrandecem nosso trabalho. Recebam a gratidão desta Casa pelo trabalho que vocês prestam com tanto amor”, disse o presidente da Câmara de Osasco, vereador Ribamar Silva (PSD).

Lúcia da Saúde (Podemos) recordou o dia em que pôde acompanhar um atendimento. “O SAMU foi atender uma senhora de 100 anos no Pestana e eu fiquei emocionada. Parabéns pela conduta de vocês. O acolhimento é muito importante para nossa cidade".

O Projeto de Lei foi sancionado pelo prefeito e publicado nesta terça-feira (29) na Imprensa Oficial como Lei nº 5.124.

Multimídia - 16ª Sessão Ordinária (29/06/2021)
Galeria de Fotos
Vídeo na Íntegra