Parlamentares falam sobre indicações ao Executivo e projetos para desempregados

por Divisão de Comunicação publicado 17/11/2023 10h55, última modificação 21/11/2023 11h54
Feirão do Emprego nesta sexta-feira (17) foi um dos destaques dos oradores

Por Ana Rodrigues. Fotos: Ricardo Migliorini.

Durante a Sessão de Expediente da 66ª Sessão Ordinária, realizada nesta quinta-feira (16), os oradores inscritos falaram de projetos aprovados pela Câmara Municipal de Osasco e que já estão sendo executados, beneficiando a população.

Um dos destaques dos oradores foi o Feirão do Emprego, que acontece nesta sexta-feira (17), das 9h às 15h, na Faculdade Anhanguera. A vereadora Elsa Oliveira (Podemos), que já esteve à frente da Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda, apontou que serão disponibilizadas mais de cinco mil vagas de emprego. A parlamentar também falou sobre a indicação do presidente da Câmara, Carmônio Bastos (podemos), que está beneficiando desempregados acima dos 60 anos.

“Quem quiser participar do Projeto Começar 60+, pode se inscrever na sede da Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda ou em um dos três portais que temos na cidade. Muitas pessoas perderam o emprego durante a pandemia e ainda não conseguiram se aposentar. Esse Programa Começar 60+ será muito importante para essas pessoas”, afirmou a vereadora, que também destacou também que a Carreta da Mamografia, instalada no estacionamento da Prefeitura de Osasco para atender mulheres que ainda não fizeram seus exames.

Já Emerson Osasco (Rede) parabenizou a Câmara por conseguir efetivar o momento do “microfone aberto para os oradores” e reforçou suas indicações e questionamentos junto ao Executivo, no sentido de dar mais atenção a alguns pontos específicos da Zona Norte. Emerson voltou a criticar a companhia de energia elétrica, que deixou muitas regiões às escuras. “A falta de energia provocou muitos problemas e trouxe muitas dificuldades para o atendimento em algumas unidades de saúde”, ressaltou o parlamentar.

O vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Julião (PSB), também criticou a demora em se restabelecer a energia em algumas regiões da cidade e parabenizou a Secretaria de Meio Ambiente. Mas, apontou que, muitas vezes, as equipes não podem realizar podas porque as árvores estão muito próximas à rede elétrica e que é preciso apoio da Enel.

“Nós já pedimos aqui nessa Casa que a Enel venha falar conosco para propormos as operações de prevenção de ocorrências como as que aconteceram com a última ventania, evitando que a população sofra”, ressaltou o parlamentar.

Já Cristiane Celegato (Republicanos) falou sobre sua indicação de instalação na cidade de clínicas de recuperação exclusiva para mulheres que usam drogas. “Temos visto um número cada vez maior de mulheres usando drogas e elas não tem um espaço que as atenda”, comentou a parlamentar, ao explicar que as mulheres têm demandas que precisam ser atendidas com estratégias específicas.

Adauto (PDT) falou sobre benfeitorias que estão sendo feitas na Zona Norte, especificamente no Morro do Sabão, que já teve o projeto de reurbanização aprovado pela Câmara Municipal. Ele também destacou as obras de canalização em trechos do córrego Rico, no Jardim Helena Maria.

Délbio Teruel (União Brasil) foi o último a fazer uso da palavra e elogiou o trabalho desenvolvido pelo Executivo com as pessoas em Situação de Rua.

A Sessão de Expediente foi encerrada com um minuto de silêncio em homenagem ao pastor Edson Correia, falecido no último dia 11.

MULTIMÍDIA ► 66ª Sessão Ordinária | FOTOS | VÍDEO

registrado em: