Vereadores apresentam moções para alertar sobre importância da doação de sangue

por adm publicado 17/06/2021 10h05, última modificação 23/06/2021 09h37
Parlamentares orientam população sobre Junho Vermelho e Dia Mundial do Doador de Sangue

Por Ana Luísa Rodrigues

Durante a 14ª Sessão Ordinária, realizada nesta terça-feira (15) na Câmara Municipal de Osasco, três moções abordaram o tema da doação de sangue. Elas foram aprovadas por unanimidade pelos parlamentares da Casa. Julião (PSB), Josias da Juco (PSD) e Michel Figueredo (Patriota) apresentaram moções de Apoio e de Congratulações ao Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, e ao Junho Vermelho, reforçando a importância da doação de sangue, principalmente neste período de pandemia.

“Quem precisa de sangue depende da generosidade da população. Isso porque não existe nenhum medicamento que substitua a doação nem existe uma forma de fabricar sangue. É fundamental que a sociedade se conscientize sobre a necessidade de ajudar”, justificou Julião, ao apresentar sua moção.

O vereador Michel Figueredo destacou que doar sangue é um ato de amor ao próximo. “Ao fazer esse gesto, o doador pode dar esperança de vida e de saúde a quem mais precisa: pai, mãe, irmão, amigo ou mesmo uma pessoa que você nunca viu. Não importa quem será o beneficiado, mas sim, que essa pessoa terá novas oportunidades, novas chances de recomeçar a vida. Por isso, melhor do que fazer a doação uma vez, é tornar esse gesto um compromisso, tornando-se um doador frequente”, afirmou o parlamentar.

Autor da Lei 4.790/2017, que isenta os doadores de sangue da taxa de inscrição nos concursos públicos, Josias da Juco é um entusiasta do ato de doar sangue e acredita que o incentivo é um caminho para abastecer os bancos de sangue. “Creio que temos que incentivar por toda parte, de toda forma, para termos um banco de sangue farto para ajudar quem precisa”, conclui.

Pandemia impacta negativamente na doação de sangue

Hemocentros de todo o país registram queda na coleta de bolsas por conta da pandemia do coronavírus. Assim, o Junho Vermelho ganhou uma relevância especial em 2021. Nesta segunda-feira (14), foi comemorado o Dia Mundial do Doador Voluntário de Sangue e uma série de ações foi realizada pelos hemocentros, com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para a importância da causa.

Segundo a Fundação Pró-Sangue de São Paulo, para abastecer as instituições de saúde e deixar os estoques de bolsas em níveis adequados, só na Região Metropolitana do Estado, são necessárias 10 mil bolsas de sangue. Ainda de acordo com dados da fundação, na atualização desta terça-feira (15), os estoques de sangue tipo O+, O-, B- e B+ estavam em níveis críticos.

A queda no número de doações durante a pandemia, de acordo com informações da Agência Senado, acontece por conta da menor circulação de pessoas em razão da Covid-19. Vale ressaltar que os hemocentros adotam as medidas de higiene necessárias para a contenção da disseminação do coronavírus, tornando a doação ainda mais segura.

Requisitos básicos para ser doador de sangue:

• Estar em boas condições de saúde.
• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos e menores de 18 anos precisam apresentar autorização.
• Pesar no mínimo 50kg.
• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
• Apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira Nacional de Habilitação e RNE-Registro Nacional de Estrangeiro).

Se a pessoa é doadora precisa respeitar os intervalos para doação.

• Homens - 60 dias (máximo de 4 doações nos últimos 12 meses).
• Mulheres - 90 dias (máximo de 3 doações nos últimos 12 meses).

Em Osasco o posto do Hemocentro funciona no Hospital Regional, localizado na Rua Ari Barroso, 355, em Presidente Altino.

Multimídia - 14ª Sessão Ordinária (15/06/2021)
Galeria de Fotos
Vídeo na Íntegra