Vereadores de Osasco relatam casos de furtos e vandalismo em igrejas e escolas

por adm publicado 25/06/2021 07h55, última modificação 25/06/2021 07h56
Igreja Assembleia de Deus, no Jardim Ypê, recentemente foi furtada.
Vereadores de Osasco relatam casos de furtos e vandalismo em igrejas e escolas

Vereador Paulo Júnior lamenta furto ocorrido na igreja Assembleia de Deus (22jun2021 - Ricardo Migliorini/CMO).

Por Ana Luisa Rodrigues

O vereador Paulo Júnior (PP) expressou sua indignação com um furto ocorrido recentemente na igreja Assembleia de Deus - Ministério Madureira, no Jardim Ypê, em Osasco. Durante a 15ª Sessão Ordinária, realizada nesta terça-feira (22), através da apresentação de uma Moção de Repúdio, o parlamentar falou sobre o furto e como o ato impactou a comunidade.

“Todo furto é injusto e desrespeitoso, seja de que ordem for. Principalmente quando se trata de furto em uma igreja, que assiste a comunidade local. Nos causa indignação os furtos dessa natureza. Mas, temos esperança de que a justiça será feita e os danos reparados”, disse Paulo Júnior.

O parlamentar relatou que os fiéis perceberam o furto logo que chegaram à igreja, no último dia 9, para a realização de um culto. Ao entrar no local, perceberam que o equipamento de som havia sido furtado.

“Há alguns meses, a Igreja dos Remédios sofreu um ato de vandalismo, pois danificaram o patrimônio da igreja. Agora, a Assembleia de Deus [também] foi alvo de ação criminosa”, lamentou Paulo Júnior.

Em visita à comunidade, o vereador Josias da Juco (PSD) foi surpreendido pela ação de frequentadores que estavam se mobilizando para vender rifas, pães, feijoada para adquirirem novos equipamentos. “Vi que tinha gente até dizendo que talvez a pessoa que furtou a Igreja seja abençoada, mas precisamos que a justiça seja feita. Estamos vendo com as câmeras de vigilância se há registro do furto”. O parlamentar também comentou sobre a quantidade furtos que estão acontecendo em escolas e unidades básicas de saúde do município.

“Visitei uma escola que teve fios furtados e o prejuízo foi de R$ 12 mil. A Guarda Civil Metropolitana prendeu uma pessoa que estava dentro de outra escola furtando um refletor. Em unidades básicas também há roubos. Felizmente não aconteceu nada mais grave. Todos nós podemos sofrer com isso em nossas residências”, diz Josias.

O presidente da Câmara de Osasco, Ribamar Silva (PSD), que frequenta a Assembleia de Deus do Jardim Ypê desde a adolescência, também expressou seu inconformismo.

“Esse tipo de acontecimento precisa ser repudiado e investigado para que os autores sejam punidos”, comentou Ribamar.

Desde o início de 2021, mais de 60 indicações já foram enviadas ao Poder Executivo Municipal solicitando ronda policial diversos pontos da cidade.

Multimídia - 15ª Sessão Ordinária (22/06/2021)
Galeria de Fotos
Vídeo na Íntegra